Toda solidariedade às escolas do MST/MT

[versão para download e impressão]:
https://drive.google.com/file/d/0B-q6uKxzXEe0MlpGUkZCTTdrZHM/view

Resistência com os de baixo! Repúdio aos ataques dos de cima!
Toda solidariedade às escolas do MST/MT

O Governo Taques e o secretário Permínio Pinto, SEDUC/MT, têm perseguido e criminalizado as escolas e as trabalhadoras e trabalhadores nos assentamentos do MST em Mato Grosso. Prática também disseminada pela mídia burguesa do estado. Sabemos que tais ataques partem dos de cima e se impõem aos de baixo! Questionar os nomes das escolas, “Che Guevara” ou “Florestan Fernandes”, criminalizar um festival de poesia que trabalha com o tema da agroecologia ou impor a retirada das bandeiras do Movimento dos espaços dessas escolas, só podem ser compreendidos como ataques ideológicos da direita e dos de cima; bem próprio ao partido do qual fazem parte. Ataques que se intensificarão mais e mais, que se propagarão aos demais movimentos e às escolas em geral; como já têm ocorrido sob outras formas. Para nós, fica claro quem quer impor uma ideologia e o porquê!

Em um contexto onde a educação pública sofre com cortes de verbas de um lado, e a intensificação de um ensino mercadológica acrítica por outro lado, o ataque a educação no campo nos mostra o avanço de um projeto que compromete o futuro da juventude da classe trabalhadora. Assim como o assédio conservador e elitista em cima dos planos de educação em todo pais com a falsa premissa de ideologia de gênero, demonstra o retrocesso que os de cima tentam nos impor.

Jamais aceitaremos perseguições, criminalizações e cerceamento da liberdade daqueles que buscam organizar-se e resistir contra o Estado e seus sistemas de exploração! Por acreditarmos em uma educação que signifique a emancipação e as possibilidades para a construção do PODER POPULAR, defendemos a liberdade e a autonomia como condições mais do que necessárias para a construção desse processo; são gérmens para o florescimento da própria liberdade humana e de um mundo novo para as trabalhadoras e os trabalhadores! Qualquer ameaça a esses direitos e a essa necessidade das oprimidas e oprimidos precisa ser repudiada e combatida pelos de baixo!

Por essas razões, entre outras, só temos a repudiar tais perseguições e criminalizações! Reiteramos que estamos sempre dispostos a lutar ombro a ombro contra as práticas de repressão do Estado e da ideologia dos de cima!

Manifestamos aqui nossa solidariedade às trabalhadoras e aos trabalhadores das escolas perseguidas e ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Mato Grosso!

LUTAR, CRIAR, PODER POPULAR!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s